Livro dos Espíritos – Pergunta Numero: 566

566. Um Espírito que teve uma especialidade na Terra: um pintor, um arquiteto, por exemplo, se interessa de preferência pelos trabalhos que constituíram o objeto de sua predileção durante a vida??

– Tudo se confunde num objetivo geral. Se for bom, se interessará na proporção em que eles lhe permitirem ajudar a elevação das almas a Deus. Esqueceis, aliás, que um Espírito dedicado a determinada arte na existência em que o conhecestes pode ter praticado outra em anterior existência, porque é necessário que tudo saiba para tornar-se perfeito. Assim, segundo o seu grau de adiantamento, pode ser que nenhuma delas constitua uma especialidade para ele. É isso o que eu entendo quando digo que tudo se confunde num objetivo geral. Notai ainda isto: o que é sublime para vós, no vosso mundo atrasado, não passa de infantilidade, comparado com o que há nos mundos mais avançados. Como quereis que os Espíritos que habitam esses mundos onde existem artes desconhecidas para vós, admirem o que, para eles, não é mais que um trabalho escolar? Já o disse: eles examinam aquilo que pode provar progresso.

566-a. Concebemos que assim deve ser para os Espíritos bastante adiantados. Mas falamos dos Espíritos mais vulgares, que não se elevaram ainda acima das idéias terrenas.?

– Para esses é diferente. Seu ponto de vista é mais limitado e podem admirar aquilo mesmo que admirais.

366 total views, 3 views today